Este Janeiro que se finda!

Os romanos dedicavam o primeiro dia do ano ao rei Jano e daí a derivação para o nome de Janeiro para apelidar o primeiro mês do ano. Sob o império de Capricórnio, sucede a influência de Aquário carregado de força e razão (nunca tente contrariar…)

Seja como for, os homens nascido depois de 22 de Janeiro são corteses, relativamente baixos (isso era antigamente pois não havia iogurtes!) mas capazes das maiores aventuras (coisa boa e atrevida) embora prefiram as terras estranhas, dado que conhecem o adágio “ninguém é profeta na sua terra”. Mas são danados para a brincadeira, as distrações e os prazeres da vida. Quem não gosta?

Se olhar para o lado feminino vai ver que as senhoras não perdem para os homens nas capacidades de divertimento, embora muito reservadas no recato do segredo (a alma do “negócio”).

Água nesta altura não falta; pelo que deve proceder à limpeza e adubação dos pomares ( a fruto não vem do Pingo Doce), limpe as árvores, nem que seja para ter sombra no verão. Atenção às sensíveis fruteiras: podem sofrer ataques de parasitas (referimo-nos aos da natureza) e contrair doenças – elas não têm seguro de saúde.

Se souber arrisque: trasfegue o vinho. Se não souber, peça ajuda. Se não tiver dinheiro para o trabalho pague em vinho. Também dá se for explicado numa boa conversa.